1 de jun de 2011

Eu odeio novelas

Num passado recente, eu gostava tanto de assitir novelas, que não perdoava nem as mexicanas. Não me envorgo em dizer que assiti a trilogia Marimar, A Usurpadora, Canavial de Paixões e Guadalupe, minha preferida. Esta última quando reprisou na CNT eu obriguei meu pai a assitir, pois só havia uma TV em casa e logicamente eu não poderia perder aquele novelão rsrsrs. 


Mas este tempo passou, assim como muitos outros. Faz anos que não assisto novelas, nem brasileira e muito menos mexicana. Eu fui a típica mocinha romântica que ia ao cinema por causa da beleza e não do talento dos atores e devorava romances da série Julia, Sabrina e Bianca.
Sonhava em ter casa, marido e filhos e desses sonhos só os dois primeiros permaneceram. Demorei a me desvenciliar dos meus ideiais românticos, mas me percebo tão diferente da mocinha de antigamente. Sou a mesma, mas diferente, entendem!?
Ainda gosto de comédias românticas, mas prefiro filmes de suspense e investigação policial. Adoro cuidar do meu marido, mas não me imagino dedicando toda a minha energia a uma criança. Prefiro não ter animais nem plantas, pois não gosto que dependam de mim. Dizer claramente que não gosto de animais, crianças e plantas faria muitos pessoas repensar seus conceitos sobre mim, não é mesmo? Na verdade não é uma questão de gostar e sim de se envolver. Se eu tivesse uma dessas três coisas, eu gostaria. Mas decidi que não quero ter.
Faz tempo que queria escrever este post e já o ensaiei um milhão de vezes. As vezes penso que passo a imagem de ser a menina boazinha e gentil e não há quem diga que eu não sou. Mas também tenho este outro lado. Um lado meio desapegado e egoísta, que pensa muito em mim. 
Meu relacionamento já teve seus altos e baixos, mas acredito que o ponto forte é a sensação de liberdade. Meu marido sabe a medida exata entre saber me fazer sentir querida, sem me sufocar  E eu já quis muito que ele me sufocasse rsrsrs....
Mas a maturidade tem me feito ver a vida sobre outros ângulos, me fazendo deixar de gostar de algumas coisas como novelas e me fazendo apreciar outras tantas.


19 comentários:

  1. Nuss, já fui louca por novelas mexicanas, kkkkkkk, nos meus 15 anos claro, hj sme medo revelo minha idade, 28 aninhos, e cá pra nós aprendi uma coisa que deixavam minhas amigas da escola bravas ; aprendi que tudo aquilo é mentira, tudooooo, o choro é forçado, ninguém ali é casado com ninguém de verdade, e qndo são duram muito poucoooo, kkkkk,
    Adorei o post!
    Bjsss

    Mila

    ResponderExcluir
  2. Oi Paulinha

    Eu tambem ja fui completamente viciada em novelas ,hoje nem tanto!!!

    Mas confesso que ainda continuo uma romantica incuravel ainda curto muito filmes de romance e choro no final

    Quanto a sua personalidade ,acho que talvez pelo que voce passou na infancia a tornou uma pessoa cautelosa ,nao acho que voce seja egoista. E filhos e bom ,mas da tanto trabalho quando pequenos e quando crescem trabalho dobrado e pior que sao ingratos !!!Confesso que nunca liguei para plantas ,meu marido que cultiva algumas especies ,agora animais amo ,mas aqui no Japao devido ao espaço ser restrito fica complicado ai no Brasil sim tem muito espaço e o clima tambem ajuda muito,aqui se deixar o bicho la fora no inveno ele cogela ,no verao ele torra rsrrsrs entao fica complicado mesmo!!!

    Super beijo .

    ResponderExcluir
  3. hum... tem uma frase que fala assim: "a televisão é muito educativa, toda vez que alguém liga uma eu vou pro quarto ler um livro". Ah se todos fizessem isso! A realidade da educação no nosso País seria OUTRA! Bom, eu tbm preciso confessar que GOSTO de novelas mexicanas, assisti as trilogia tbm, mas, eu gosto das mexicanas exatamente por serem tão bobas que dava pra assistir com papai e mamãe na sala... as outras sem comentários... Hoje em dia me forço a não sentar na frente da TV pra assistir uma novela, e tenho conseguido - uhuuu - isso aí Paula, quanto as plantinhas, animais, etc... vc tem opinião legal! gosto de plantas, de cachorros, mas, não os tenho mesmo por falta de querer dedicar um tmp à tais coisas... abraçao!

    ResponderExcluir
  4. Nossa Paulinha, me identifiquei muito com você neste post. Primeiro pela sinceridade em assumir pontos da personalidade que a maioria faz de tudo para esconder: egoísmo e desapego.
    Não se preocupe porque aquele conhece você e acompanha seu blog já sabe que você não é nenhuma E.T. do mal!!!!! Muito pelo contrário, é uma mulher que sabe o que quer (e o que não quer), madura e auto-confiante.
    Parabéns!!!!!!

    Beijão linda!!!!!
    ps.: ah, e quanto às novelas, acho que gosto mais das mexicanas viu!!! As novelas brasileiras deixam muito a desejar, só tem sexo e só ensina a fazer o mal.... as mexicanas nem tanto... é muito mais romantismo!

    ResponderExcluir
  5. Eu sou uma pensante compulsiva e uma atriz frustrada... rs... por isso amo novelas. Vou explicar.

    Como pensante compulsiva, minha mente não me dá descanso, aí descobri que quando sento pra ver novelas eu relaxo completamente. Acho que cada vez incluo mais novelas na minha vida... rs

    E como atriz frustrada, gosto de analisar o desempenho das outras atrizes.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  6. Eu troquei as novelas por seriados, de todos os tipos: dramas, comédias, investigações criminais e tudo que vier...

    Sobre não "gostar" de crianças, plantas e animais, cada um sabe de si, não é mesmo?
    Se você resolveu que não quer isso pra você, quem é que tem o direito de te julgar ou criticar?
    Ninguém, né?

    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Boa noite Paulinha!
    Aqui em casa, depois que entrou a net, adeus televisão.
    Usamos a net para tudo: reportagens, noticiários, diversão...etc...mas te garanto uma coisa menos a tal novela.
    Novela com certeza ficou na lembrança.
    Quanto aos seus pensamentos de plantas e animais, não se pense ser a "bruxa", penso e faço igualmente a você. Agora quanto as crianças optei por dois. E tenho um lindo casal.
    Lhe desejo um ótimo domingo. Espero que me visite e me visite. Beijos da Bia!

    ResponderExcluir
  8. Oi Paula primeiro obrigada pela dica do documentário, vi que é uma série deles, hoje teve o próximo será dia 8:00 as 11:17.
    Não tenho TV a cabo qualquer dia faço um post do porque eu tirei rs.
    Hoje não sei porque cargas d'água o youtube não ta funcionando aqui, mas da para assistir os que já passaram.

    Quanto a seu post, já fui muito romântica achava que a relação a dois tinha que ser como nas novelas, até cair na real e ver que a vida não é conto de fadas.
    Hoje sou muito mais segura de mim, e adoro seridos de investigação, meu favorito é Law & Order depois Criminal Minds.
    bhjus

    ResponderExcluir
  9. Hahaha também fui viciada em novelas, inclusive nas mexicanas. Chegava ao ponto de gravar para assistir depois, caso eu não pudesse ver no horário. Hoje não assisto, mas não odeio... pra mim é ok...
    Sobre crianças, plantas e animais. Eu AMO todos. Cuidar das minhas plantinhas é muito satisfatório e prazeroso. É uma dependência traquila, não exige tantos cuidados assim. Não tenho nenhum bichinho, pois moro num micro-ap, mas pretendo ter vários deles e meu sonho é ser mãe. Meu irmão tem uma cachorrinha, que considero minha, mas infelizmente vejo pouco. Parabéns pela personalidade, ousadia e coragem ao dizer coisas que podem, sim assustar um pouquinho as pessoas. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Sabe, vou te confessar uma coisa: antes de ter meu bb, eu pensava exatamente como vc, me sentia livre demais para me prender à uma criança. Mas ele veio, meio que no susto, e só me restou encarar a nova fase da minha vida. Eh uma correria, uma verdadeira novela, estou aprendendo muito com ele e o amo demais. Porém, pretendo ficar mesmo só com ele, não eh de minha vontade aumentar a minha prole. Falo pro meu marido q tenho outras prioridades e ele as vzs me acha totalmente egoísta. Mas poxa, preciso pensar em mim tbm, naum eh mesmo?! Precisamos fazer as escolhas que nos fazem bem e não prejudiquem ninguém.
    Bjus querida!!!

    ResponderExcluir
  11. Oi amiga, voltei aqui para agradecer seu comentário super carinhoso e atencioso lá no meu cantinho! Um beijo e uma semana de conquistas!

    ResponderExcluir
  12. PAULINHA AMORE

    QUANDO A GENTE GOSTA E ALGUEM TEMOS QUE APRENDER A RESPEITAR AS PESSOAS NÃO É?DO JEITO QUE SÃO..É UMA QUESTÃO DE PERSONALIDADE..E ACHO QUE NINGUEM VAI DEIXAR DE GOSTAR DE VOCE PELAS ESCCOLHAS..EU JA TENTEI SER UMA MÃE MEIO DESLIGADA MAS NÃO CONSIGO..ESTOU 24 HORAS QUERENDO SABER DOS FILHOTES ..SEJA PELA NET.SMS SEI LA..E MEUS FILHOTES TEM 21 E 24 ANOS SRSR ..SEMPRE FUI DE ME ENTREGAR TOTALEMNETA TUDO..E SOU ASSIM É DE MIM..NÃO SOU AMDRE TEREZA NAÕ DOU CADA BERRO TEM HORAS ..SOU IMPULSIVA E BRIGUENTA MAS SOU CORUJA DEMAIS...ANIMAIS E PLANTAS ..CACHORROS AMOOOOOO TENHO 2 TINHA 3 MORREU LALA DE 15 ANOS ..UMA LINDA PASTOR ALEMÃ ..TENHO O BOB DE 12 E SHIBOR DE 2 ANOS ...AMO DEDICO AQUI EM CASA SE ALGUEM BRIGAR COM ELES PRONTO ACHOU BRIGA COMIGO MEU MARIDO FICA DOIDO POR QUE SOU MÃE DE CACHORRO E TODO DIA A TARDE ESTOU LA FORA E GRITO.
    SHIBOR VEM COM A MAMÃE SRSR ELE QUER MORRER...

    SABE PLANTAS EU GOSTO MAS NÃO ELVO TANTO JEITO...TALVES POR SER AGITADA MAS VOU MELHORAR ISSO ..QUERO DAQUI UNS TEMPO TER UM CANTO PLA CUIDAR DELAS.AS VEZES ME ARREPENDO DE TER SIDO TÃO CORUJA ..DE TER AS VEZES ATE SUFOCADO ..MEUS FILHOS DE TANTO AMOR E DEDICAÇÃO MAS QUANDO VEJO MINHA FILHA AOS SABADOS PELO SKIPE ME MOSTRANDO A ROUPA QUE VAI SAIR..LONGE DE MIM 2000 KM E SE PREOCUPANDO COM MINHA OPINIÃO E JA FAZEM 4 QUE MORA FORA..EU PENSO.

    AH COMPENSOU...

    AMO TUDO ISSO ...
    MAS RESPEITO VOCE ..E SUAS ESCOLHAS

    MAS UM CONSELHO??
    CACHORRO FAZ UM BEM DANADO PROS FILHOS E PRA FAMILIA..SE NAÕ FAZ IDEIA..
    BEIJOS
    OTILIA LINS

    ResponderExcluir
  13. AHH E NOVELAS..AMAVA..MAS NUNCA DEIXEI DE SAIR DE CASA PRA VER NOVELAS..E HOJE PREFIRO A NET. E O MARIDO QUERIA QUE FOSSE UM GRUDE MAS NÃO É ..RESPEITO O JEITO DELE MAS QUERIA QUE FOSSE MAIS GRUDENTO SRSR SRSR

    BJS

    OTILIA LINS

    ResponderExcluir
  14. Oi Paula!

    Eu também sou meio assim, desapegada. Acho até que tenho problemas de convivência (dois casamentos já e duas separações). Tenho conseguido conviver com minha filha, que é muito na dela, já me conhece e está bem grandinha. Sei lá, é estranho falar isso. Mas qualquer coisinha já me sufoca...
    Ah, eu também super-gostava de novelas! Mas nunca mais assisti a nenhuma. Que coisa!

    Beijos

    Carla

    ResponderExcluir
  15. Paula,
    tenho a maior admiração por pessoas que são honestas com si mesma e se assumem, certamente são mais felizes. Não é uma questão de ser ou não boazinha, com certeza você é uma pessoa autêntica e generosa.
    bjs carinhosos
    Jussara

    ResponderExcluir
  16. Quando a gente tem um pouquinho mais de "idade" (claro vamos envelhecendo um pouquinho cada dia), percebemos muitas coisas na vida que não pensávamos antes. Você deve ocupar sua vida com o que gosta e dá prazer, se não a vida fica "xoxa" rsrs
    O futuro se esconde, não sabemos nada sôbre ele, NUNCA !!! Então não pense: terei três filhos para não ficar sòzinha no mundo, ledo engano, conheço uma mão que tem 4 filhos e TODOS foram morar fora do País. E por aí vai. Não devemos deixar a vida ficar vazia, preencha sempre com coisas interessante. Assim fica tudo mais fácil, sempre ......
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. hahah li seu texto e sua sinceridade me pegou, me senti melhor ao perceber que não sou a única pessoa no planeta que não tem exatamente os mesmo sonhos que os outros. Tenho duas filhas. As amo. Mas adoraria, ter que me dedicar menos à elas. É muito complexo, criar, cuidar, educar e continuar a amar uma pessoa, depois de todo trabalho desumano e doentio que ela pode dar desde o nascimento até a idade adulta, quando vc reza para que ela tenha uma vida à parte da sua, para que vc ossa viver o que restou de vc depois de tudo isso. Para quem não tem o dom, se consideram mai individuallista, digo logo, não tenha filhos. às minhas amigas, aviso à todas não tenha filhos. São egoístas mesquinhos, custam caro, e consomem sua vida. #prontofalei

    ResponderExcluir
  18. ASNOVELAS FAZEM SUCESSO POIS SAO APENAS UM ENTRETENIMENTO E POPULARES... E CLARO QUE NINGUEM NUMCA VERA UMA OBRA DE DANTE ALEGHIERI EM UMA NOVELA...

    ResponderExcluir
  19. Eu sou muito parecida a pessoa que vc descreve. Sou desapegada com os outros , detesto novelas fico de boca aberta quando escuto pessoas discutindo sobre novelas.Se as pessoas dessem mais atenção aos filhos o tanto que dão as novelas a educação seria bem melhor.


    Para refletir...

    O Menino que queria ser televisão ...


    A professora do ensino básico Ana Maria pediu aos alunos que fizessem uma redacção sobre o que gostariam que Deus fizesse por eles. Ao fim da tarde, quando corrigia as redacções, leu uma que a deixou muito emocionada.


    O marido, que, nesse momento acabava de entrar, viu-a a chorar e perguntou-lhe:
    - "O que é que aconteceu?" Ela respondeu:

    - "Lê isto." Era a redacção de um aluno.

    - "Senhor, esta noite peço-te algo especial:
    - Transforma-me numa televisão.
    - Quero ocupar o lugar dela. Viver como vive a TV da minha casa. Ter um lugar especial para mim, e reunir a minha família à volta...
    - Ser levado a sério quando falo...
    - Quero ser o centro das atenções e ser escutado sem interrupções nem perguntas.
    - Quero receber o mesmo cuidado especial que a TV recebe quando não funciona.
    E ter a companhia do meu pai quando ele chega a casa, mesmo quando está cansado. E que a minha mãe me procure quando estiver sozinha e aborrecida, em vez de me ignorar. E ainda que os meus irmãos discutam para ver quem fica ao pé de mim.
    -Quero sentir que a minha família deixa tudo de lado, de vez em quando, para passar alguns momentos comigo. E, por fim, faz com que eu possa diverti-los a todos.
    - Senhor, não te peço muito... só quero viver o que vive qualquer televisão"
    Naquele momento, o marido de Ana Maria disse:

    - "Meu Deus, coitado desse miúdo! Que pais..."!
    E ela olhou-o e respondeu:

    - "Esta redacção é do nosso filho".

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Ficarei muito feliz se quiser deixar seu comentário.