17 de jun de 2010

Dia dos namorados todos os dias


Passado o frenesi dos dias dos namorados, a aflição de comprar e receber o presente e o planejanmento da noite perfeita, menos de uma semana depois já não bate aquela nostalgia? Na noite do dia 12 de junho, saí para comemorar com meu marido e a impressão que se tinha era que todos os casais da cidade haviam tido a mesma idéia. Apesar da noite gelada, todos os cantinhos da cidade estavam abarrotados, colocando em risco o jantarzinho romântico. Haja amor e paciência para enfrentar tanta fila!

Me impressou a quantidade de casais na rua, conheço tantas pessoas solteiras, da onde saíram tantos pares!? Não tenho o hábito de fazer planejamentos, cansei de me frustar(o trabalho do marido não respeita fim de semana nem datas festivas) e por isso as coisas aconteceram naturalmente. E foi uma noite sublime! Parece que ele leu o mesmo roteiro que eu, ensaiou a peça direitinho e quando fomos para a ação nada deu errado. Desde que abri o s meus olhos pela manhã, até a hora em que fui dormi, tudo foi perfeito. Sintonia e sincronia de pensamento, demonstração de amor e carinho explícito e bom humor para enfrentar as adversidades daquela noite superpovoada.

De tão perfeito que foi o dia 12 de junho não paro de desejar que todos os dias seja dia dos namorados. Mas como fugir da rotina e ser eternos namorados? Esta não é uma tarefa fácil e acredito que seja o maior desafio entre os casais. São tantos os enfrentamentos do dia a dia, que no final da noite, a última coisa que pensamos é em romance. Quando nos damos contas, parece que estamos casados com um estranho, ou com um amigo. No primeiro caso, os casais já não tem nada em comum e se mantém juntos por uma ifinidade de razões, menos amor e romance. Já no segundo, os dois conversam sobre tudo, mas já não fazem amor e não pensam em romance. Vemos esses casos acontecerem à todo momento, mas como fazer diferente? Cada casal precisa achar a sua receita e como não poderia deixar de ser cabe a nós mulheres não deixar a paixão morrer. QUE TAL COMEÇAR AGORA:
  1. Jantarzinho inesperado (mesmo que seja na sua própria casa e a grana esteja curta) faça o prato preferido dele, arruma-se com capricho e surpreenda o amado.

  2. Faça ou peça uma massagem relaxante após um dia exautivo.

  3. Alugue DVDs, faça pipoca e assista juntinho aproveitando o friozinho.

  4. Caprichar no café-da-manhã e levar na cama.

  5. Ou ficar na cama e induzi-lo a levar o café para você. (A maioria dos homens não pensa e você terá que ajudá-lo nesta tarefa).

  6. Evitar palavras rudes;

  7. Evitar críticas e reclamações;

Contudo, não adianta nada se esforçar para agradar seu homem se você primeiro não se agradar. Faça por ele o que você já faz por si mesma e o que gostaria que ele fizesse por você. Tente demonstrar de forma clara, mas doce as coisas que lhe são importante. Não existe forma mais rápida e eficaz de afastar um homem do que reclamações e críticas incessantes. E não é isso que queremos não é meninas!? Agora, se você acha que já tentou de tudo e mais um pouco e na sua relação nunca é dia dos namorados, então talvez já seja a hora de tentar outro namorado...

Um comentário:

  1. Oi Paula! Eu amei seu texto!! Sou fã número 1 do romantismo e da determinação do casal para manter o amor em chamas a todo custo. Eu sou super romântica e adoro falar sobre isso no meu blog. Concordo com vc em todas as palavras! Acho até que somos parecidas!! rs.... Amei seu cantinho virtual!! Já estou te seguindo! Bjsss :)

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Ficarei muito feliz se quiser deixar seu comentário.