30 de set de 2010

Superação

Certas coisas acontecem na vida das pessoas inesperadamente e parece que veio para destruir tudo. Não sei se vocês se lembram do modelo, atleta e lutador de boxe Fernando Fernandes, que participou do Big Brother Brasil 2 e que apesar do rostinho bonito e o corpão sarado, pouco parecia ter a oferecer. O destaque da sua participação foi ter ficado nú no programa e quase ter agredido uma colega de confinamento.

Sua vida pós BBB também não contou com nenhum gesto louvável e sua fama era mais por conta do gênio forte, arrogãncia e demonstrações de valentia, do que por talentos artísticos. Bonito que só ele, durante um tempo namorou a atriz global Daniele Winits e se envolveu em confusão com travesti, que relata ter sido agredida pelo ex-BBB, quando este se recusou a pagar os R$ 50,00 do programa.
Pela sua postura diante da vida, o moço parecia se achar o último biscoito do pacote e com corpo de atleta profissional, jovem e bonito, jamais ele poderia imaginar a tragédia que estava por vir. Mas quem poderia!? Embora todos conheçam os risco de dirigir em alta velocidade, dificilmente a pessoa imagina que sofrerá um acidente, ou então não teria uma atitude tão tola e irresponsável.
No auge da beleza e do vigor físico, aos 28 anos de idade, Fernando Fernandes brincou com a própria vida e sofreu um trágico acidente automobilístico em julho de 2009 que o deixou paraplégico.

E graças ao seu novo estado físico, o rapaz que antes tinha fama de bad boy, pouco mais de um ano depois do acidente se tornou o orgulho do país, ao conquistar o campeonato mundial de paracanoagem e receber o troféu Charles Yatmam 2010, oferecido pela confederação Pan-Americana de Canoagem (Copae) ao canoísta destaque de todo o continente americano do ano.
Já faz algum tempo que tenho vontade de escrever sobre a história de vida do Fernando, que exemplifica o quanto somos pequenos perante a vida. Nunca passei nenhuma situação tão adversa na vida e imagino o quão díficil seja dar a volta por cima e em tão pouco tempo renascer. 
Não sei como está a cabeça dele, mas para ter conseguido forças para lutar e continuar tocando a vida, demonstra que é mais do que um rostinho bonito.
Mais o importante é isso, a superação perante os obstáculos na vida e nunca desistir de ir em frente.

8 comentários:

  1. Olha, pra falar a verade eu não gostava deste menino antes e continuo não gostando agora... é claro que uma coisa destas a gente não deseja p/ ninguem, mas dirigir bebado e sem cinto de segurança é demais né? Espero que Deus dê força que ele aguentar as consequencias do destino que escolheu p/ si mesmo!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Paula,

    Lembro dessa história, sim. Realmente, foi um baque e tanto!
    Bjo,
    Irma

    ResponderExcluir
  3. Também não sei se ele se tornou uma pessoa melhor, só usei o caso dele como exemplo das reviravoltas que o munda dá e como temos que buscar força para superá-las.

    ResponderExcluir
  4. Oi Paula!
    Parei tudo aqui pra assistir essa história no domingo passado!
    Já tinha ouvido muitas histórias de superação através do esporte, mas nunca em tempo recorde como foi com o Fernando!
    Que ele tenha mais e mais vitórias!
    Ótimo final de semana!
    Uma beijoka!
    ^^

    ResponderExcluir
  5. Oi Paula!! É bom ver pessoas que tem essa experiênciané? Muitas vezes me sinto mal sabia? Hj por exemplo é um dia que me sinto muito sozinha. Todo o mundo saindo com seus respectivos e vou pra casa ficar com o Birita (o cão) rsrsrs
    Passa lá no blog que acabei de fazer um post sobre esse desencontro.
    Beijos e estou te seguindo tb.

    ResponderExcluir
  6. Oi linda amei seu blog ta lindo já estou seguindo viu, já te adicionei ate nos meus favoritos, faz uma visitinha no meu acho que vc vai gostar todo dia tem novidade ai se você gostar me segue também ta, beijão simara te aguardo lá .
    http://plantaodabeleza.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Paula...
    Concordo contigo, ninguem está livre de nada hoje em dia e nossa vida é tão frágil que mtas vezes não a aproveitamos como devriamos
    Bjus

    ResponderExcluir
  8. Que comovente seu carinho neste texto.
    Eu não o conhecia direito, até porque não curto BBB.
    Mas, independente de quem ele era, devemos nos lembrar que ele é um ser humano como a gente e tento imaginar o seu sofrimento.

    Um dia vi um filme onde uma moça perguntava a Deus:
    "Se Deus é tão bom porque ele deixa as pessoas sofrerem?"

    Então Ele respondeu: "Porque há pessoas que não vêm à mim pelo amor. Somente pela dor".

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Ficarei muito feliz se quiser deixar seu comentário.