18 de ago de 2011

Trabalho espiritual

Eu sou filha, neta e nora de umbantistas. A mãe do meu marido era mãe de santo e minha avó e minha mãe sempre frequentaram Centro Espírita. Enquanto eu não me "mandava", acompanhava minha mãe nas sessões e enquanto ela estava desenvolvendo no terreiro, eu me divertia a valer, brincando no pátio.
Este mundo nunca me interessou. Assim que tive idade suficiente para ficar sozinha em casa, deixei de acompanhar minha mãe no Centro, mas vez ou outra ela me "obrigava" a tomar um passe ou uns banhos para tirar o mal olhado.
Atualmente o mais perto que chego do Centro que ela frequenta é na porta, de dentro do carro, enquanto espero a sessão terminar, para levá-la para casa.
Como eu já disse outras vezes, eu não tenho religião e nem nos momentos difícies, costumo apelar para banhos, rezas e orações, ao contrário da minha mãe. Hoje vou escrever basicamente sobre ela e suas crenças. 
Apesar de a trancos e barrancos, continuo tocando a Casa de Lanches, que deixou de ser um sonho e se transformou num pesadelo. Os clientes debandaram e é aí que entra a minha mãe e suas crenças. Para ela, o sumiço dos clientes se deve a um único fato: inveja. Nem eu consigo negar este fato, o meio que eu vivo são de pessoas medíocres.
E por conta desta certeza, enquanto eu me desinteressei pelos negócios e procuro novos caminhos, ela se nega a aceitar a derrota e procura no espiritismo a salvação da lauvora. Semana passada ela comprou vários ítens e levou para a antiga mãe de santo da minha falecida avó. Hoje ela me disse que os produtos eram para oferecer ao meu anjo da guarda.
Minha mãe é do tipo que alterna umbanda com catolicismo e com a mesma frequencia que desenvolve num terreiro, ouve Padre Marcelo Rossi e frequenta a missa, além de já ter lido o livro Ágape de trás para frente e vice-versa. A mulher tem mais fé no dedinho mindinho que eu no corpo todo.
Enquanto ela se agarra na fé que os inimigos não nos derrotaram, eu me agarro em novas oportunidades que possam surgir e esta virando o duelo do século: Espiritualidade X pragmatismo
Só que tanta praticidade foi posta em cheque nesses últimos dias. Depois do "trabalho espíritual" e da reza incessante, não é que eu, cética de carteirinha, estou me sentindo mais animada? E clientes que estavam sumidos a tempos, estão reaparecendo?
Confesso que não sou de pedir nada a Deus. Não por não  acreditar, só não me sinto bem em pedir. Não sou boa em pedir as coisas, nem mesmo para Deus. 
E esse lance de trabalho espíritual, será que funciona? Ou será tudo merá concidência... Não sei a resposta, mas não há como negar as mudanças.

17 comentários:

  1. Oi Paula, interessante seu texto.
    Mas já que diz não ter religião vou lhe indicar o livro A Cabana, ele é ótimo para esclarecer um verdadeiro mundo entre Deus e o Homem. Se já leu, passa lá no meu cantinho e deixe sua opinião. Caso não tenha lido, procure ler, depois me fala o que achou. Tenho certeza que irá amar. Abraços e ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  2. PAULINHA,

    INTERESSANTE SEU POST..SABE EU RESPEITO TODOS OS TIPOS DE RELIGIÕES E DESDE QUE NÃO FAÇA MAL A NINGUEM TODAS, SE TIVER DEUS COMO SEU MENTOR MAIOR EU RESPEITO.SABE EU ACREDITO EM INVEJA SIM..EU SEI QUE AMIGOS INVEJOSOS DESMORONAM NOSSA ENERGIA NOS LEVANDO AO CAOS DO DESANIMO E JA SENTI ISSO ...AGORA EU COSTUMO DIZER QUE MINHA RELIGÃO É DEUS...MEU PAPO COM ELE É EU E ELE ,NÃO COLOCO NINGUEM NO MEIO NEM PADRE PASTORES NADA ..A NOITE ENTRO NO MEU QUARTO OU NA COZINHA OU NO CARRO E COMEÇO A FALAR COM ELE E SABE QUE ELE RESPONDE ?...OUTRAS HORAS DE MAIS DESESPERO FICO BRAVA BATO O PÉ ELE ME RESPONDE ME DA BRONCA, DE ME AJUDA ...SABE A FRASE MÁGICA QUE, NÃO DEIXA COISA RUIM POR PERTO E ASSIM QUE APRENDI

    MEU DEUS EM NOME DO SEU FILHO JESUS CRISTO ME AJUDA ..

    EM APELO MAIS FORTE PEDINDO EM NOME DO SEU FILHO QUE AMA TANTO ??
    SABE QUANTO A RITUAIS EU NÃO DESACREDITO MAS TAMBEM NÃO ACREDITO..ATÉ POR VER PESSOAS QUE FAZER ESSES RITUAIS AS VEZES EM SITUAÇÕES TÃO RUINS SABE??NUNCA FUI SUPERTICIOSA NEM ACREDITEI EM NOVENAS ,PROMESSAS,SACRIFICIOS ACHO QUE DEUS QUER AMOR AMOR AO PROXIMO SOLIDARIEDADE E PAZ.
    ENTÃO QUANDO VC SE SENTIR ASSIM DESANIMADA ..ACREDITE ..FALE COM DEUS ...ELE VAI ESCUTAR VOCE..E SEMPRE PEÇA ALTO FALE O QUE QUER EM VÓZ ALTA .PEÇA PERDÃO TAMBEM EM VOZ ALTA ..DEUS QUER OUVIR DA SUA BOCA O PEDIDO DE PERDÃO E AJUDA ..NÃO ACREDITAVA NISSO MAS DEPOIS DE UMA EXPERIENCIA ..EU PASSEI A VER E ACREDITAR DEMAIS
    BOA SORTE A VOCE
    E OLHA SER EMPRESÁRIA E ASSIM MESMO TEM ALTOS E BAIXOS MAS NÃO DESANIME NÃO...COLOQUE A CABEÇA PRA PENSAR UM DIA VOCE CHEGA LÁ
    BEIJOS

    OTILIA

    ResponderExcluir
  3. Eu vago entre as duas esferas. Tenho muita fé em Deus e é o que me segura. Converso muito com Deus, apesar de não andar em templos com frequência.

    Mas acho também que só de fé a gente não vive. Assim como só pensamento positivo não empurra a gente pra frente. E preciso ação, levantar e lutar pelo que quer.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  4. Olá, tava olhando uns postsna lista de
    amigos e encontrei o seu blog.
    Mt legal por sinal, layout bacana e bons textos.

    Realmente uma página boa pra leitura.

    Já virei seu seguidor.

    convido você pra dá uma passadinha lá no:

    http://umguiadecomoviverbem.blogspot.com/

    Luz nos seus caminhos.

    (...)

    ResponderExcluir
  5. Paula, quero tive muita vontade de comentar este seu post porque acho que poucas pessoas tem coragem de relatar experiências como esta publicamente e perdem de poder trocar idéias com quem já passou ou passa por algo parecido. Olha, eu também não tenho uma religião específica e sou contra qualquer tipo de fanatismo, já frequentei muitas religiões, nunca a umbanda, apesar de ser baiana e lá tanto a umbanda e o candomblé serem muito fortes, mas não tenho preconceitos, apenas não me identifiquei, conheci pessoas dessas religiões que são seres humanos maravilhosos e só praticam o bem e jamais julgaria quem tem a sua crença baseada numa religião ou em outra, para mim o que conta são os atos. Apesar de não ter uma religião, acredito muito na existêcia d eum mundo espiritual, sim e também acredito que existem forças invisíveis aos nossos olhos, agindo o tempo todo em nossas vidas, seja de forma negativa ou positiva, infelizmente, nós não temos conhecimento, nem sabedoria suficiente para explicar tudo isso, então o que temos que fazer é manter a nossa mente aberta ao que não entendemos. Eu acho que o sentimento de inveja é algo muito forte, principalmente entre os que estão mais próximos, dificilmente alguém perde tempo canalizando pensamentos negativos ou invejando uma celebridade, já um vizinho, um primo, são sempre alvos mais possíveis e que incomodam mais justamente por fazerem mais parte do dia a dia do invejoso. Para mim, estas energias ruins podem sim ser combatidas com as boas e muitas vezes o poder de banir o mal não vai estar exatamente numa folha, num chá, num amuleto, mas sim na força com que aquilo foi feito, na boa intenção, na fé e na energia boa de quem está tentando te livrar do mal. Quem mais interessada no seu bem do que a sua mãe? Se ela está tentando intercerder a seu favor no mundo epiritual e isso lhe trouxe resultados positivos, por que não acreditar e agradecer a ela? Pessoas radicais, intolerantes vão condená-la e tentá-la fazer enxergar só coisas ruins neste ato da sua mãe, mas eu acho que tudo é uma questão de crença e que você não precisa dar ouvidos a quem tenta te impor uma verdade que é subjetiva e questionável, que depende da fé de cada um! Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Eu acredito que antes de todas as religioes uma coisa é fato! Sua mae quer lhe ver feliz, quer seu bem, as vezes o outro só tenta ao modo dele resolver OS NOSSOS problemas...e mae faz muito isso....e o pai maior esse independe de religiao e te ama muito mais que sua mae, outro fato!! ANTES DE CRER em qualquer coisa creia em si, vc pode ir tao longe quanto seu sonhos te levarem...desejo que os cliente voltem em triplo e que os proximos post relatem justamente A VIRADA que sua vida deu viu??? de coracao...sorrrrrrrrrrte, fé...trabalho e amor no coracao, pode ser os ingrediente pra outras coisas que as vezes pesamos nao ter. bjs

    ResponderExcluir
  7. Ola minha querida,confesso que fiquei pensativa lendo o seu post..Eu acredito muito emDeus,nao sou de frequentar igreja ,nao sou fanatica,mas pra mim Deus existe e age em odos os lugares..Nesse caso de espiritualismo,tb ja frequentei,ia tb obrigada com a minha mae(que ja foi de crente a espirita),mas nunca me senti bem,sentia mais medo do que fe´..(coisa de crianca talvez)
    Acredito que o pensamento positivo de amabas as crencas podem ajudar sim..

    Bom agora mudando de assunto,obrigada por opinar la no blog e participar do sorteio,adoro suas visitas..Beijao e muito sucesso.

    ResponderExcluir
  8. Acredito de verdade que o melhor trabalho que podemos fazer é dentro de nós mesmos. Tudo começa de dentro para fora, todas as mudanças, e encontrar um novo caminho ou fazer este voltar a valer a pena tem muito mais a ver com o que você quer de fato e o que você vai fazer a respeito, não só em ações, mas em pensamento, em força de pensamento, em oração. E isso, é uma coisa que funciona em qualquer religião, ou até mesmo no ateísmo. Ninguém pode negar a força que o pensamento tem, seja porque Deus escuta, seja porque se corre atrás, seja lá por qual motivo for: tudo sempre começa dentro de nós.

    Um beijo e que esta situação se resolva o mais rápido possível e você seja muito feliz fazendo o que gosta! :)

    ResponderExcluir
  9. Paula fui crente a muito tempo e hoje estou afastada, acredito demais na fé como tua mãe acredita, meu marido não acreditava em deus, ele achava que deus era um monte de particulas no ar.
    Mas hoje com tantas coisas que aconteceram em nossas vidas ele tem certeza que existe um ser supremo que zela por nós.
    Deus esta olhando pra você sempre e Ele não se importa se você pedir, então amiga peça com fé que Ele se chegará ati.
    bjus

    ResponderExcluir
  10. Hola querida blogueira....
    Vim lhe pedir um favorzinho...... se você poder divulgue entre sua amigas blogueiras também esse link
    http://wilquidias.blogspot.com/2011/08/carolina-artesanias-211-mi-1-fiesta.html#links.

    Pois dia 31 de Agosto será o dia do blog. vamos fazer algo diferente, dizer como e por que começamos fazer um blog e o quanto ele mudou e acrescentou muitas coisas as nossas vidas, a ideia é bem bacana, por isso vim pessoalmente lhe pedir que se vc poder, por favor divulgue. Desde já obg. bjs

    OBS: MENINAS..Eu deixei esse mesmo texto em muitos blogs que eu sigo, por isso é um texto padrão o mesmo irá pra todas viu? nao deu pra fazer um pedido personalizado, meu dedo começou doer, entao fui pro copiar e colar, espero que entendam. bjs de novo.

    ResponderExcluir
  11. Que bom poder vir aqui novamente e ainda mais encontando um texto tão interessante como esse!
    Eu acredito em energia, e qualquer tipo de oração, na religião que for, trabalha isso. Se você fizer um "trabalho", enviará energia para a pessoa ou coisa, positiva ou negativa e, dependendo do que estiver lá, poderá haver uma resposta. Não sou umbandista nem espírita, fui batizada na Igreja Ortodoxa, mas respeito todas as crenças pois acho que somos muito pequenos para entender mistérios como esses e,quem dera, explicá-los.
    Beijo
    Adri

    ResponderExcluir
  12. PAULINHA

    TEM DOIS SELINHOS NO BLOG GOSTARIA QUE VC PEGASSE UM PRA VC TA?
    BEIJOS

    OTILIA

    ResponderExcluir
  13. Querida PAULA LI,

    Adorei de verdade o seu comentário.

    Muito obrigado pelo retorno e por me seguir.
    Suas mensagens e seus textos são tocantes.

    Sempre estarei por aqui, olhando, lendo e contemplando
    a sua arte.

    E que a troca de experiências através de nossos escritos,
    seja mútua.

    Bem vindo ao Guia viver bem.
    obrigado.

    (...)

    ResponderExcluir
  14. Religião é uma coisa bem delicada, né... mas respondendo ao que intendi no seu texto, digo que num mundo tão cheio de obstáculos, violência exacerbada exalando maldade, EU particularmente não conseguiria viver sem acreditar em algo superior que regesse tudo isso. e acreditar tb num futuro melhor, em alguma missão que eu tenha neste lugar desconhecido.
    Seu texto gera uma boa reflexão. Tô seguindo, voltarei pra ver o que espero pelo proximo post.
    Abraço

    ResponderExcluir
  15. Paulinha,

    Certamente você tem os seus motivos para não acreditar nos poderes de uma reza ou de uma conversa com Deus. Acho que nem tenho o direito de questionar isso aqui.

    Bom, quanto à sua mãe, percebi que ela topa tudo desde que tenha Deus no meio não é? rs...
    Então ela é como eu!
    Não me negaria a tomar banho de sal grosso, a ir à missa, ao centro espírita, etc... Onde acredito estar Deus, também topo!

    Agora, uma coisa que me chamou atenção foi você ter admitido corajosamente aqui que não recorre às rezas nem nos momentos ruins!
    Talvez você se sinta culpada por chamá-Lo somente nos maus momentos e nunca se lembrar Dele nos momentos bons. Eu era assim sabe?!

    Eu dizia pra mim mesma: 'porque chamar Deus agora que estou sofrendo se nos meus momentos felizes não me lembro nem de agradecer nada?!'

    Me achava interesseira e extremamente egoísta.

    Mas, um dia, conversando com uma amiga, ela me disse: "Enquanto você não engolir o seu orgulho e perceber que sem Deus você não terá nada de verdade, Ele vai continuar colocando fortes provações no seu caminho. Assim vai chegar o dia em que você O chamará".

    Paulinha, não me lembro bem das palavras, mas tem uma frase que diz: quem não se aproxima de Deus pelo amor, se aproxima pela dor.

    Então, sem alternativas, Ele nos põe a prova sempre, até nos rendermos.

    Quando vc tiver um tempo, assista a um filme chamado 'O Encontro Perfeito'. Já falei dele no blog!

    Beijão e parabéns pelo post! Muito bem escrito.

    ResponderExcluir
  16. Oi Paula!
    Eu acredito muito em influências, penso que até a gente desanimar com alguma coisa faz com que ela não funcione muito bem! Oxalá os banhos da sua mãe a sua fé façam bem para o seu negócio e para você! Um abraço!

    ResponderExcluir

  17. LEIA SOZINHO porque no passado eu também não acreditava que ia dar certo, mas… funciona mesmo! Entrei neste site e fiz esta prece. Fiz para ver se ia dar certo e deu, assim que acabei meu amor ligou. A pessoa que eu copiei também não acreditava mas para ela também funcionou! AGORA VEREMOS…
    Diga para você mesmo o nome do único rapaz ou moça com quem você gostaria de estar (três vezes)….

    Pense em algo que queira realizar na próxima semana e repita para você mesmo (seis vezes).

    Se você tem um desejo, repita-o para você mesmo (Venha cá ANJO DE LUZ eu te INVOCO para que Desenterre a de onde estiver ou com quem estiver e faça ele ME telefonar ainda hoje, Apaixonado e Arrependido, desenterre tudo que esta impedindo que a venha para MIM , afaste todas aquelas que tem contribuído para o nosso afastamento e que ele a não pense mais nas outras… mas somente em MIM. Que ele ME telefone e ME AME. Agradeço por este seu misterioso poder que sempre dá certo. Amém…).

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Ficarei muito feliz se quiser deixar seu comentário.