14 de nov de 2010

7 mentiras sobre os homens quando o assunto é sexo

Muitas coisas que ouvimos dizer sobre a sexualidade masculina não passam de puro mito e para desmistificá-los de vez,  a Revista Nova trouxe uma matéria elucidando essa questão. Vambora conhecer algumas mentiras comumente associadas ao universo masculino e que também mulheres são responsáveis por reproduzir?


O homem esta sempre com tesão
Esse é um mito perigoso. Há um milhão de motivos pelos quais seu amado pode querer ficar longe da cama - e eles não têm necessariamente relação com a atração que sente por você. A ansiedade por uma promoção no trabalho e até o fracasso do time de futebol podem ter efeito apaga-fogo.
Essa ideia de que os homens devem estar sempre a ponto de bala pode estragar o relacionamento. Quando o sexo não acontece, nós mulheres nos sentimos rejeitadas e eles, humilhados. "O mito é tão forte que os homens são enganados pela própria expectativa", diz a psicóloga e terapeuta sexual Ana Canosa, da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana.
No consultório, ela atende muitos pacientes com queixa de que a parceira faz pouco sexo. "À medida que o interesse da mulher cresce, porém, eles próprios acabam percebendo que também ficam indispostos e que estava tudo bem antes."
Pés grandes=pênis grande
Se alguém calça 44, todo o resto vai ser proporcionalmente grande, certo? Não, para a infelicidade das namoradas de jogadores de basquete. Pesquisadores da universidade inglesa College London decidiram tirar a prova - e as medidas. O que descobriram? Nenhuma relação entre o tamanho das meias e o da camisinha. Nem pés nem mãos. "Cada membro é determinado por um gene distinto", afirma o ginecologista Eliano Pellini, chefe do Departamento de Sexualidade da Faculdade de Medicina do ABC, na Grande São Paulo. 

Eles querem mais sexo do que nós
Uma possível origem dessa lenda é o fato de os homens estarem interessados em sexo de maneira mais constante, enquanto somos afetadas por mudanças hormonais. Eles também atingem o pico de vigor sexual mais cedo, o que pode causar descompasso a certa altura do campeonato. Por isso é cada vez mais comum ver mulheres mais velhas dividindo a cama com parceiros mais jovens.
Além do mais, nunca foi socialmente proibido à ala masculina fazer sexo somente por prazer. "Os homens aprenderam a transar para relaxar, para comemorar, para esquecer os problemas...", destaca Ana. Gradativamente, muitas mulheres vêm enxergando o ato da mesma forma. E aí o desejo delas não perde em nada para o deles.
O pênis do homem deve ter mais de 15 cm
Cuidado para não cair na propaganda enganosa. Embora metade dos brasileiros acredite nessa farsa, a média nacional é quase um Playmobil comparado a ela: 9,5 (14 em ereção).
Você pode até achar um pênis grande mais bonito, mas quem vê cara não vê eficiência. "A vagina envolve o pênis, se adaptando a qualquer tamanho", diz Pellini. Sem contar que 70% das mulheres só atingem o orgasmo por meio da estimulação do clitóris - o que não tem nada a ver com o tamanho, e sim com a habilidade dele em acertar uma localização geográfica.
Eles nunca fingem orgasmo
Claro que para os homens é mais difícil esconder a evidência - ou a falta dela. Mas 26% deles fingem, sim, segundo a pesquisa Sexualidade dos Brasileiros, do Instituto Datafolha. "A confusão existe porque a resposta sexual masculina começa com a ereção", explica a sexóloga Maria Luiza Cruvinel Moretti, de São Paulo. Mas ela significa apenas que as terminações nervosas do pênis foram estimuladas. "O orgasmo é a etapa seguinte, quando ocorrem pulsações e contrações", completa. Portanto, um homem pode, sim, simular o clímax. E pelo mesmo motivo que as mulheres: terminar o ato mais cedo sem ferir seus sentimentos.
Não gostam de preliminares
Os mais jovens até costumam dispensá-las por medo de ejaculação precoce, mas a maioria ama um ensaio antes da estreia. "Os homens adoram criar tensão gradualmente", afirma a psicoterapeuta britânica Paula Hall.
Além disso, nós mulheres estamos cada vez mais exigentes, o que fez com que os homens descobrissem prazer em simplesmente ver a parceira sentindo prazer. Tanto que, em uma pesquisa feita pela Universidade de New Brunswick, no Canadá, o tempo médio de preliminares considerado ideal por eles foi de 18 minutos. Já pelas mulheres, cinco.

A calcinha tem que ser sexy
Não é das vermelhas que eles gostam mais. Uma marca inglesa de produtos de lavanderia entrevistou mais de mil homens e chegou à cor campeã de elogios: a preta. Mas o que realmente os deixa excitados é a variedade. Modelos diferentes permitem que seu gato se sinta fazendo sexo cada vez com um tipo de mulher (fetiche!). Claro, quando há tesão, a coisa vai com qualquer modelo. Mas, mesmo que seu marido adore sua calcinha fio dental, se a vir sempre vai acabar entediado. É como provar o mesmo cereal toda manhã.

6 comentários:

  1. Interessantíssima essa matéria, amei!!!
    beijuu
    www.sermulhereomaximo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Paulinha!
    Não adianta mesmo a gente tentar adivinhar o que os homens gostam mais. Homens e mulheres são muito diferentes. Às vezes uma moça acha que vai arrasar com um modelito e o cara tem vontade de rir, por exemplo! kkk
    O lance é você encontrar primeiro o cara certo pra você e depois "estudá-lo" com o tempo para ver o que ele mais gosta. Aí simmm....!!
    Uhuuuuuu!!!!!!
    Beijão!

    ps.: Então, estou voltando a comentar aos poucos, não estou mais louca como antes querendo ler e comentar TODOS os blogs que adoro. Estou reservando apenas alguns minutos do meu dia. É mais sadio neam?
    Ah! Adorei seu e-mail.
    ;)

    ResponderExcluir
  3. Oi Paula!!
    Adorei seu post...muito interessante...acredito
    que nós mulheres e os homens também criamos muitos grilos em nossas cabeças e as zvezes vemos o sexo como uma obrigação do casal onde tudo deve ser um padrão criado pela sociedade...e fala sério não pode ser assim, como a Flavia escreveu o casal tem que se estudar, se conhecer para assim descobrir a preferência de cada um...

    Mil beijos
    Fique com Deus

    ResponderExcluir
  4. Essa revista NOVA deu bola fora, perdão.

    Tirando a questão do pé e da roupa íntima, as demais questões estão, mesmo, bem fora de foco.

    Aproveitando a oportunidade, vc me havia perguntado qual minha formação acadêmica? Sou advogado.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Paula!

    Muito elucidativo seu post, rsrsrs!

    Apenas um reparo: com relação à calcinha. Nunca conheci um homem que reparasse nela, rsrsrs. Se é que você me entende!

    Beijos

    Carla

    ResponderExcluir
  6. Paula,

    Muito bom! Adorei a média nacional do Playmobil! Hahahahah. No meu caso, calcinha branca faz mais sucesso por conta da minha cor, rs.

    Beijos,

    Irma

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Ficarei muito feliz se quiser deixar seu comentário.