25 de nov de 2010

Rio de Janeiro sob tensão máxima

Não é de hoje que a população do Rio vem sofrendo com a constante violência imposta pelo tráfico e o medo pessoal de cada um se transformou em medo coletivo, com a incrível onde de violência que  assolou a cidade nesta última semana.
O climax desta guerra foi a iniciativa do Governo do Estado em instalar Unidades de Policiamento Pacificadora (UPPs) em regiões dominadas pelo tráfico, afugenta-os para outras áreas. Para demonstrar seu poder, os traficantes debelaram uma "guerra civil", que esta deixando a população do Rio de Janeiro acuada entre os bandidos e a polícia: 



Bandidos retiram motoristas de carros e ônibus e ateam fogo: já são mais de 50 veículos queimados e 27 mortos.


 A polícia chamou reforços e a sensação que se tem é de uma verdadeira guerra: tanques da marinha vão adentrar a  comunidade do Cruzeiro, levando os policiais.
carros blindados vão subir a favela



E coração de mulher de policial sofre ainda mais com esta situação. 



11 comentários:

  1. Deus proteja teu marido policial e também todas as pessoas de bem que moram nesta cidade. Confesso que me aterrorizo com o que vejo na tv e me pergunto como agiria se fosse aqui. É um horror isso tudo, espero que acabe logo...

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Ai Paula, pensei tanto em vc esses dias.
    Inevitável não ficar com medo quando o marido sai pra trabalhar. Que Deus proteja vcs!
    Beijos, Camila.

    ResponderExcluir
  3. Esses bandidos fazem o que nós permitimos que façam. Nossos medo já está a tempo de ser trasladado para ódio e impiedade.

    Dia desses eu vi um vídeo (link abaixo) que me pareceu curioso.

    Os leões são fortes e ágeis.

    Também são preguiçosos.

    As hienas, por seu turno, agem em grupo e, muito ousadamente, atacam os leões. Não raramente tomam-lhe os alimentos e são, antes de mais nada, "arruaceiras". Por estarem organizadas em "matilha" às vezes tripudiam sobre os leões e sobre outros animais.

    Qual a relação entre o post e isso que eu falei?

    A ação dos leões (no nosso caso o POVO reunido e em grupo) contra as hienas (esses bandidos miseráveis que não têm pudor em tirar injustamente a vida de inocentes)e a reação destas quando se dão conta do que vc está por ver.

    Não é civilizado: mas também esses canalhas não o são!

    ResponderExcluir
  4. http://www.youtube.com/watch?v=oHDeNjwntKM

    ResponderExcluir
  5. Olá... gostei do seu blog e passarei sempre por aqui... Temos orado pelo RJ, só Deus pode mudar este país de vez... pelo que vi o seu esposo é policial, confiemos em Deus que é quem protege e guarda de todo mal! Fica com Deus!

    ResponderExcluir
  6. Nossa, Paula

    Fico imaginando o que você dever estar sentindo. Que Deus proteja você e seu marido também, e que isso tudo termine logo.
    Infelizmente sempre tem algum poderoso ganhando com o tráfico de drogas e de armas, e olha que não estou falando de nenhum traficante não.
    Porque se os políticos quisessem, já tinham acabado com o tráfico de vez, há muito tempo. Essa guerra não estaria acontecendo.

    Beijos, muita força aí pra vocês

    Carla

    ResponderExcluir
  7. Olha Paulinha, é claro que tudo isso é muito triste. Quando achamos que a cidade carioca atingiu o máximo em violência, acontecem coisas piores. Isso é vergonhoso.
    Estou acompanhando tudo pela televisão e aqui em casa estamos chocados.

    Mas, por outro lado, não tenho dó dessa situação no Rio não!
    Há décadas os governantes daquela cidade vêm empurrando as suas responsabilidades com a barriga. É claro que a "bomba" ia estourar um dia.
    Quem sabe assim alguma coisa mude nessa cidade tão linda.

    Só fico sentida e aflita pelos inocentes que acabam pagando um preço alto demais.

    Um grande abraço querida!
    Ótima postagem!

    ResponderExcluir
  8. ...complemento...

    Assim como a Tuka, eu também anseio pela proteção divina ao seu esposo. E que as suas preces conforte também o seu coração amiga.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  9. Pois é Paula, "coração de mulher" é o que mais sofre... Estamos falando de mães, esposas, irmãs, filhas... Quem sacode o lençol branco nas lajes é a mulher, quem aparece num pranto solitário diante do marido ou da filha baleada é a mulher... Assim como as fotos de violência destoam dos laços cor-de-rosa do seu blog, tudo isso destoa do nosso Rio...Fico aqui, dividido, por um lado me sentindo uma farsa por só poder escrever sobre isso e por outro com uma vontade bárbara de ver os bandidos todos mortos... Fico aqui, Médico e Monstro... Humano.Um beijo dos grandes! Adorei seu blog!

    ResponderExcluir
  10. Estamos torcendo para que o Rio supere tudo isso. Que homens, mulheres e crianças possam respirar em liberdade. Sem medo, sem opressão! Que as cores da violência sejam ofuscadas pelas das paisagens do belo Rio que conhecemos!

    ResponderExcluir
  11. Olha Paulinha, acho que o Rio está contando vitória antes da hora viu.
    E ontem mesmo vi na net que a Dilma quer manter o exército nas ruas do Rio até os jogos olímpicos!
    HA HA HA.... nem disfarçam mais né?
    Vamos ver no que vai dar.
    Para mim, isso é jogada para limpar as ruas de bandidos até os jogos, mas para o meu marido, ele acha que não é bem assim, senão o governo do Rio iria perder a sua credibilidade de vez!!!

    Será???
    Cada um acha uma coisa não?
    Polêmico.......

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Ficarei muito feliz se quiser deixar seu comentário.