28 de ago de 2010

10 coisas que vocês não sabem sobre mim

 Bem, vamos lá a mais um meme que está rolando por aí e que a Flávinha amada do meu coração me indicou para contar 10 coisinhas sobre mim.
1. eu não pretendo ter filhos; não fiquem indignadas, acho que crianças são anjos e que seria boa mãe, mas não quero esta responsabilidade. Um pouco por egoísmo, um pouco por conta do mundo em que vivemos, ou apenas por não ter vontade. Certas coisas não se explicam, apenas se sentem.
2. eu não tenho religião; acredito em Deus, em pureza de coração e praticar o bem.
3.eu não acredito em política, nem em políticos;
4.eu sou otimista fatalista; ao mesmo tempo que acredito na bondade das pessoas (até que prove o contrário), também acho que o mundo vai de mal a pior e caminhamos para o abismo.
5.eu não não era para ter nascido; minha mãe nunca fez segredos que quando ficou grávida de mim, entrou  em desespero e tentou abortar. Respeito os motivos delas: meu irmão estava com poucos meses de vida e meu pai era alcolátra e violento. Mas como sou teimosa, driblei os "medicamentos" e minha santa mãe até hoje pedi desculpas a Deus e agradece por eu ter vindo com saúde. E que saúde, nasci com quase 5 quilos!!!!
6. eu fiz faculdade de História, mas não tenho vontade de dar aulas; quando fiz o vestibular, foi para uma faculdade pública perto de casa que só tinha curso de formação de professores. Coloquei todos os cursos num pedaço de papel, dobrei e tirei na sorte.
7. eu tenho vontade de estudar psicologia; adoro ouvir as pessoas, aconselhar.
8. eu tenho muuuito medo de altura; no parque de diversões não chego perto nem da roda gigante e só vou com minha enteada nos brinquedos infantis.
9. eu nunca fiz uma viagem romântica com meu marido; é o meu sonho, passar um tempinho só nós dois, conhecendo lugares novos e namorando bastante!
10. eu não gosto de pessoas que se auto promovam; detesto pessoas que ficam dizendo que são boas em alguma coisa, ou que se dizem sinceras. A maioria tem também a mania irritante de desmerecer outras pessoas e acho que bondade e sinceridade não precisam ser alardeadas, elas simplestem transparecem.

3 comentários:

  1. Amiga, que saudade...

    Muito bom conhecer um pouco mais sobre você.
    Fiquei impressionada com o fato de você ter passado por uma tentativa de aborto mal sucedida. Tá vendo? Quando Deus manda, ninguém pode contra!!!!

    Quanto à religião, também não tenho nenhuma. Se a espírita me chamar, vou lá receber meu passe, também vou à missa e canto as músicas de artistas evangélicos.

    Sou de DEUS e não de uma placa na parede!!!

    Amiga, tenho um link pra te mostrar de uma amiga, a Erika Saab do "Chá das Cinco". Ela está falando sobre ser psicólogo.

    http://chadascincodiariovirtual.blogspot.com/2010/08/dia-do-psicologo-o-que-esta-classe.html

    Também postei no meu comentário, algumas observações.
    O texto é compridão, então vá quando tiver tempo. Vale a pena.

    Um beijo!!!!

    http://flaviashiroma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelo comentário, acho que quando escolhemos uma profissão, é muito importante saber antes das coisas boas e ruins que envolvem o trabalho na área, por isso fiz aquele texto, porque a mídia apresenta o psicólogo de forma muito glamourosa e na faculdade, essa imagem se sustenta por um bom tempo. Outra coisa que acho importante saber é que o curso mexe muito com as nossas questões pessoais e que muita gente acaba desistindo dele antes de se formar. Na minha turma 50% das pessoas que passaram desistiram antes de se formar, e uma vez com o canudo nas mãos muitos outros mudaram a área de atuação. Não é terrorismo, não, é que queria que tivessem me falado tudo isso quando escolhi esta profissão e ninguém disse, então faço a minha parte e aviso para as próximas gerações rs

    Ótimo post o seu! Parabéns, falar de si mesmo com tanta sinceridade é difícil!

    ResponderExcluir
  3. Oi Paula, tudo bem? Compartilho de algumas das suas caracacterísticas ^^ Tenho medo de altura, não tenho uma religião definida (apesar de me simpatizar muito c os ideais do espiritismo) e tbem morro de vontade de fazer uma viagem romântica c meu marido. Quem sabe um dia eu ainda não faça né? Afinal, enquanto há vida, há esperança, rs.
    Beijos Paula, fique com Deus, linda semana =*

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Ficarei muito feliz se quiser deixar seu comentário.