31 de ago de 2010

Qual é o seu ritmo?

No mundo atual, para darmos conta das atividades diárias, o dia teria que ter mais algumas horas e quer seja  adulto ou criança a correria parece não ter fim. Enquanto os adultos se desdobram para trabalhar, cuidar da casa, da família, fazer um curso, acadêmia e sabe Deus mais o que, muitas crianças também não encontram moleza: é escola, lingua estrangeira, esporte...

A sociedade e o mercado de trabalho exigem que estejamos sempre dispostos e hoje em dia não se fala mais em correr atrás e sim na frente. A cada dia mais as empresas exigem especialização e em contrapartida o mesmo funcionário faz o serviço de 2 ou 3.
E se você é mulher, trabalha fora e ainda tem filhos, aí sim a coisa fica preta. Certo dia ouvi uma senhora de mais de 60 anos amiga da minha mãe contar da sua rotina atribulada:  cuidava sozinha do marido inválido a mais de 20 anos, da casa e segundo palavras dela "ainda fodo bem! Nós mulheres modernas, além de trabalhar, cuidar da casa e dos filhos, não podemos descuidar da aparência e receber o marido sempre de forma carinhosa. Mulheres modernas ou super mulheres??

Como todas os mortais do século XXI, minha rotina também não é moleza, já acordo no fogão preparando os quitutes da lanchonete, enquanto isso dou uma varrida na casa, tiro um pó, enquanto algo esta assando no forno coloco roupa na máquina, recolho a bagunça do marido, faço o almoço, arrumo a lanchonete, atendo clientes...o trabalho parece não ter fim! Fora as idas ao mercado e lojas para repor estoque...
Mas depois do expediente procuro dar uma desacelerada. Procuro manter um ritmo que me permita assistir a um filme todas as noites, nem que seja pela metade, ficar juntinho do meu marido quando ele esta em casa, escrever no blog, ler um jornal ou um livro, dormir bastante...

Confesso que não gosto de assumir várias tarefas ao mesmo, na época da faculdade pegava o número de matérias suficientes para terminar o curso no tempo certo e que me permitissem estudar com dedicação. Com o blog adoto a mesma postura, como acho que o importante é a interação, prefiro não seguir uma quantidade muito grande, assim dou conta de apreciar e prestigiar todos.

Acho admirável pessoas que assumem múltiplos compromissos, dormem pouco e são super bem dispostas. Mas acho que cada um precisa conhecer e respeitar seus limites, não adianta querer abraçar o mundo com as pernas e ir deixando as coisas pelo caminho. Sem contar os perigos de uma rotina estressante:

O estresse de curto e longo prazo podem ter efeitos sobre o seu corpo. Estresse dispara mudanças no organismo e aumenta a probabilidade de ficar doente. Ele também piora problemas de saúde  já existentess;
problemas de pele, dor de cabeça, dificuldade para dormir, irritabilidade, falta de concentração, tristeza, raiva, depressão, ansiedade, pressão alta, diabetes, problema no coração, dificuldade para engravidar e menor apetite sexual e tem muito mais. Fonte WWW.copacabana runners.net

E você, qual é o seu ritmo?

3 comentários:

  1. Olha Paulinha, meu ritmo mesmo é meio lento. Não consigo me concentrar quando faço mil coisas ao mesmo tempo e por levar uma vida sedentária, não tenho muita disposição. Mas, sou OBRIGADA a correr e às vezes faço várias coisas ao mesmo tempo. Mas, não é da minha natureza. Talvez eu esteja desanimada por aqui porque não aguento mais viver no Japão. Enjoei amiga.

    :(


    Obs.: Tenho selinho pra vc aqui:
    http://selinhosecia.blogspot.com/2010/09/selinho-19-selo-premio-sunshine-award.html

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Paula
    Amei o texto que vc escreveu... É hoje em dia vivemos em uma corrida contra o tempo, para tenatrmos fazer td que queremos e um pouco mais. Eu estudo, cuido da casa, do marido e do blog, mesmo assim as vezes meu tempo é curto. Antes eu trabalhava também, mas tive que optar pelo trabalho ou facul, graças a Deus só estudo agora pq facul toma mt tempo da gente tbm
    Adoro tirar um tempinho pra curtir com meu marido, tanto que quando ele esta em casa passo longe do computador, quero curtir cada momento ao lado dele..
    Bjokas

    ResponderExcluir
  3. Paula lindeza... obrigada pela força ... companherismo.... conforto, palavras e dedicação viu... penso que por tantas coisas lidas e forças passadas através da energia virtual que eu estou me sentindo mais forte, e capaz de superar com inteligencia tdo isso. Saiba estou melhor que ontem, e espero amanhã estar bem melhor que hoje...e eu realmente preciso enfiar a cara nos estudos preciso por mim, preciso pra mim.... enfim, beijos de luz e seja assim sempre a Paula Li de ser.... pq é isso que nos encanta sempre. Bj bj

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Ficarei muito feliz se quiser deixar seu comentário.