3 de ago de 2010

Não se sub-estime


Esta semana me lembrei de um fato que ocorreu no período de faculdade e que vai me servir de lição para sempre. Eu estava mais ou menos no 5° período e louca para conseguir um estágio, ficava olhando os murais, os jornais, até que durante uma aula, a professora falou que o projeto dela iria abrir uma vaga para estagiário.
Logo me interessei e a seleção constaria de uma prova escrita e uma entrevista. Lembro que passei o feriado de Corpus Christi estudando sem parar para a prova, pensando em garantir uma excelente nota.
Dez pessoas foram aprovadas para a segunda fase e eu estava entre elas, mas para minha decepção havia tirado apenas 7 na prova. Assim que vi o resultado perdi as esperanças, pois eu contava em garantir a melhor nota na prova escrita, já que sabia que entrevistas não eram o meu forte (fico nervosa, me dá branco, taquicardia...)
Para piorar, eu tinha como concorrente uma colega de turma que era tudo que eu não era em sala: comunicativa, expansiva e amiguinha dos professoras. Pensei: estou ferrada e não tenho a mínima chance de conseguir a vaga (tinha certeza que a patricinha CDF ia levar a melhor)
Mesmo sem esperanças, fui no dia marcado para a entrevista(meu nome era o 1º da lista) e me deparei com 3 professores (doutores), sentados numa mesa, me esperando para começar o massacre.
Deste momento em diante as lembranças são vagas, mal me lembro das perguntas e muito menos das minhas respostas. Saí da sala e não me preocupei em saber o resultado. Até que horas depois a patricinha CDF veio de dizer que eu havia tirado 10 na entrevista e que fiquei com a vaga!
Mal pude acreditar!!!Passei tanto tempo me sub-estimando que a ficha demorou a cair. Até hoje não sei o que falei na entrevista que fizeram os professores me escolherem, mas aprendi a ser mais confiante e não duvidar das minhas capacidades.

2 comentários:

  1. Olá, as vezes nos diminuímos e julgamos os outros melhores que nós, mas auto confiança é fundamental.
    Gostei do blog, somos novatas rs.
    Sempre que puder estarei por aqui.

    bjoS2

    ResponderExcluir
  2. Que lição de vida mesmo Paulinha.
    Você tem toda razão.

    Outra coisa: as pessoas também tem mania de sofrerem antes da hora, antes dos resultados.

    Mas, acredito que tudo é uma questão de maturidade. Ter paciência e deixar para sofrer na hora certa, a gente só aprende com o tempo.

    Adorei esse texto. Todos deveriam ler mesmo!

    Bj
    :)

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Ficarei muito feliz se quiser deixar seu comentário.